Notícias Externas

Maternidade é tema de espetáculo

Ciclos traz questões da condição feminina em relação à emancipação e a maternidade após os 40 anos de idade

Divulgação
Divulgação Foto: Mirela Persichini

Pressão da sociedade, julgamentos e dificuldades para gerar e criar uma criança. Ser mãe tem suas alegrias, mas não é uma tarefa fácil. Após os 40 esse trabalho parece ficar ainda mais complicado. A maternidade tardia gera discussões sobre liberdade de escolha da mulher - ou mesmo a falta dela. Ajudando nessa reflexão, o espetáculo Ciclos traz questões da condição feminina em relação à emancipação e a maternidade nesse período, após os 40 anos de idade. A peça é dirigida por Juliana Pautilla e idealizada e atuada por Rita Maia. Ciclos é uma produção do Grupo Teatro Invertido, que completa 15 anos em 2019, e integra a programação da 45ª Quinta Campanha de Popularização do Teatro e da Dança. Para saber mais sobre o espetáculo Ciclos, o programa Conexões conversou com a atriz e dramaturga Rita Maia.

Ouça a conversa com Luíza Glória

A peça fica em cartaz até domingo, sempre às 20h, na Funarte MG - Rua Januária, 68, Centro. Para mais informações e para adquirir ingressos a preços populares, acesse o site da 45ª Quinta Campanha de Popularização do Teatro e da Dança.

Produção: Giulliana Santos, sob orientação de Hugo Rafael e Luíza Glória.