Notícias Externas

Feminismo é aliado na luta antimanicomial, afirma colunista

Professora Marlise Matos também fala sobre maternidade

Marlise Matos: maternidade deve ser escolha
Marlise Matos: maternidade deve ser escolha Karoline Barreto | CMBH

O machismo e o patriarcado contribuem para o adoecimento mental de mulheres. É o que afirma a coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Mulher (Nepem/UFMG), Marlise Matos, na coluna Gênero e Feminismo, veiculada no Jornal UFMG desta quinta, 10. Ela também abordou a questão da maternidade, tendo em vista o Dia das Mães, comemorado no próximo domingo, 14. Para Marlise, a maternidade deve ser encarada pelas mulheres como uma escolha, não como destino.

Ouça a conversa com a jornalista Soraya Fidéles