Notícias Externas

Ao som de axé dos anos 1990, Juventude Bronzeada leva multidão às ruas do Floresta

Além da música, bloco promove combate ao preconceito

Ao som de axé, Juventude Bronzeada empolga foliões no bairro Floresta
Ao som de axé dos anos 1990, Juventude Bronzeada empolga foliões no bairro Floresta Samuel Sousa I UFMG Educativa

Trazer para as ruas o axé dos anos de 1990, aliado à questões políticas como combate ao preconceito e a ocupação das ruas pelos movimentos populares. Essa é a proposta do Bloco Juventude Bronzeada que deve levar às ruas do bairro Floresta cerca de 75 mil foliões nesta terça-feira, último dia de Carnaval.

A mistura proposta pelo Juventude Bronzeada pode ser vista nos foliões que acompanham o bloco. Além das fantasias de personagens da cultura pop, de pirata e dos adereços mais comuns nesta época do ano, diversas pessoas trazem bandeiras do arco-íris LGBT e mensagens em defesa das mulheres. 

Mas, para alguns foliões, o crescimento do Carnaval de BH - que neste ano deve reunir cerca de 3,6 milhões de pessoas - pode tirar o sentido político do carnaval em BH. 

Ouça a reportagem de Samuel Sousa