Notícias Externas

Festival Primavera celebra 5 anos do Espaço Comum Luiz Estrela

Casarão foi ocupado por artistas em 2013, após 19 anos fechado

.
. Foto: Facebook Espaço Comum Luiz Estrela

Belo Horizonte, 1994. Um casarão abandonado da rua Manaus é declarado Patrimônio Cultural, mas neste mesmo ano o Estado fecha as suas portas, lançando ao descaso paredes trincadas, prestes ao desabamento. Foram 19 anos trancado e quase caindo, até o dia 26 de outubro de 2013. Este dia é um marco na história de Belo Horizonte: o casarão abandonado da rua Manaus, 348, é ocupado por um projeto político e cultural de valorização da história, da arte e da cultura, como espaço formativo de livre acesso. Nasce o Espaço Comum Luiz Estrela. Com a cessão oficial do espaço pelo Governo do Estado de Minas Gerais em dezembro de 2013, deu-se início a união de esforços independentes voluntários, em uma gestão colaborativa chamada de autogestão. Para comemorar os cinco anos do Espaço Comum Luiz Estrela, vai ter festa durante a semana, com diversas programações gratuitas, o Festival Primavera. 

Roberta von Randow, integrante da esquipe do Espaço Luiz Estrela, conversou com o programa Expresso 104,5, da rádio UFMG Educativa, nessa terça-feira, 23.

Ouça a conversa com Filipe Sartoreto

A programação do Festival Primavera, em comemoração aos 5 anos do Espaço Comum Luiz Estrela, já começou e vai até sábado, 27, com espetáculos de teatro, música, dança, palhaçaria, performances, exposições, Sarau Comum e oficinas. O endereço é rua Manaus, 348, Santa Efigênia. A programação completa você encontra no facebook.com/espacoluizestrela.

Com produção de Larissa Fernandes, sob orientação de Luiza Glória e Hugo Rafael