Notícias Externas

Por que Whatsapp é terreno fértil para fake news?

Professor Virgílio Almeida (DCC/UFMG) analisa perfil da rede social e estratégias para combater notícias falsas

Virgílio Almeida: combate à fake news demanda esforço conjunto
Virgílio Almeida: combate à fake news demanda esforço conjunto Foca Lisboa

Usado por mais de 120 milhões de brasileiros, o Whatsapp tem papel de destaque nestas eleições. Em país onde cada vez mais as pessoas acessam a internet via celulares, o aplicativo acabou se tornando o principal meio de disseminação de fake news. Mas o que faz do Whatsapp um espaço tão propício para que as informações falsas se propaguem? Como a Justiça Eleitoral e a sociedade podem lidar com esse cenário? Em entrevista ao Jornal UFMG, o professor do Departamento de Ciência da Computação da UFMG, Virgilio Almeida, destaca o que tornou o Whatsapp tão popular no Brasil e alerta que a saída para o problema das fake news não é fácil e deve partir de uma iniciativa multissetorial.  

Ouça reportagem Alicianne Gonçalves