Saúde

Seminário na Enfermagem trabalha abordagem familiar após morte de ente querido

Conferência foi tema de entrevista no programa Conexões, da UFMG Educativa

Fachada do prédio que abriga a Escola de Enfermagem, no campus Saúde
Fachada do prédio que abriga a Escola de Enfermagem, no campus Saúde Arquivo Escola de Enfermagem

A morte de um ente querido é tarefa muito difícil para qualquer pessoa. Nenhum de nós está absolutamente preparado para o fim. O mesmo ocorre com profissionais que trabalham todos os dias com pessoas doentes e próximas da morte. Médicos, enfermeiros e demais envolvidos na área da saúde também precisam estar preparados para esse tipo de rotina.

Com o objetivo de promover a reflexão e uma abordagem familiar sobre a morte, a Escola de Enfermagem promove nesta terça-feira, às 19h, o 2º Seminário Integrado Rede de Atenção às Urgências.

A conferência Abordagem familiar após a morte de um ente querido foi tema de entrevista no programa Conexões, da Rádio UFMG Educativa, com a professora Karla Rona Silva, do curso de Gestão de Serviços de Saúde, organizadora do evento.

Ouça a conversa com Luíza Glória

A conferência será realizada no Auditório Maria Sinno, da Escola de Enfermagem da UFMG, que fica no campus Saúde (Avenida Alfredo Balena, 190, Santa Efigênia). A entrada é gratuita, mediante doações de dois quilos de alimento não perecível, a partir das 18h.

Outras informações podem ser consultadas no site da Escola de Enfermagem ou obtidas pelo telefone (31) 3409-9829.

Produção de Daniel Silveira, sob orientação de Luíza Glória e Hugo Rafael